Parabéns avó...

São muitos os quilómetros até chegar a tua casa, nesta altura do ano o Alentejo fica deslumbrante com aquelas cores inimitáveis. Chegámos depressa, com o coração apertado. Os miúdos na tua casa devolvem o brilho que os teus olhos perderam, e assim vi-te feliz! Foi por isso que fomos! Rendeste-te eu sei, acho que assim é melhor avó! Sabes? Afinal ficas linda de cabelo branco...

Parabéns por essa tua vida, essa tua verdade, essa forma maravilhosa de ser, de aceitar!

- Tita... quando eu morrer não fiques triste, tive uma vida tão boa...

O regresso foi mais sereno, talvez seja esta a altura de também começar a aceitar!

2 comentários:

ianita disse...

A minha avó teria feito 92 ontem...

Parabéns. Não pelo aniversário, mas pela vida.

Beijos

CF disse...

:):):)