Hoje descobri o peso que tinha no meu peito, nos meus ombros... descobri o espaço desocupado.

Afinal, até às coisas más, só damos a devida importância, quando partem!

Sinto qualquer coisa de leve, que hoje me fez sorrir e rir...

Como a Tita, ajoelhada à beira rio, com as mão dentro de agua, simplesmente a ouvir o vento e a sentir a corrente.

Será paz?

2 comentários:

milhita disse...

Gosto tanto de ti minha mana!!!!

Belita disse...

O que se passará contigo!
Algo te incomoda, tenho a certeza...

Espero que passe bem rápido.

Um beijo bem grande